MENU
BUSCA

Robson Viana vai deixar o PEN

  O deputado estadual Robson Viana confirmou hoje que está de malas prontas e deve desembarcar do Partido Ecológico Nacional (PEN), que comandou por cerca […]

Por admin, Sergipe
mar 29, 2018 as 11:33 pm - Capital, Destaques, Política

 

O deputado estadual Robson Viana confirmou hoje que está de malas prontas e deve desembarcar do Partido Ecológico Nacional (PEN), que comandou por cerca de três anos. Na próxima segunda-feira Robson deverá solicitar a desfiliação da sigla. Ele disse que não possui problemas de ordem pessoal com ninguém no partido e agradeceu a direção da agremiação e a todos que o acompanharam na organização e ampliação do grupo, mas disse que o PEN caminha para uma definição política diferente da sua, sendo assim, a saída tornou-se inevitável.

 

O parlamentar disse que foi procurado pela direção nacional e pelo novo presidente estadual da sigla, para permanecer no grupo, mas informou que isso não será mesmo possível. “O partido tem hoje posição praticamente definida sobre as eleições de 2018 em Sergipe, e parece não ter optado pelo mesmo caminho que eu. O PEN não deve apoiar a pré-candidatura de Belivaldo Chagas, que é o nosso projeto para este ano. Não tenho nada contra os demais candidatos, mas não posso deixar de caminhar ao lado de Belivaldo, porque o grupo do qual faço parte estará com ele”, disse Robson.

 

Viana fez questão de agradecer a Paulo Soares, que comandava o partido em Sergipe, e outros nomes que contribuíram com a sua atuação no Partido Ecológico Nacional: a ex-vereadora Daniela Fortes; Cláudio Munareto; Marcelo Nunes; o presidente nacional, Adislon Barroso e em especial ao vice-presidente nacional, Teixeira, que sempre o recebeu para os diálogos políticos em Brasília. Ele ainda agradeceu o processo tranquilo de transição com o novo presidente do diretório estadual, Uezer Marquez.

 

“Em 2015 recebemos a missão de comandar o PEN e viajamos por todo o estado, organizamos e fortalecemos o partido. Quando chegamos existiam três diretórios municipais, hoje são 72 diretórios, 22 vereadores com mandatos, dois vice-prefeitos e diversas lideranças. Graças ao nosso trabalho e apoio dos amigos, realizamos reuniões para mostrar a ideologia do partido, e as pessoas compreenderam a proposta”, falou Robson.

 

O deputado ressaltou que em suas andanças pelo estado realizou reuniões, conversou com lideranças e conseguiu filiar muitas pessoas ao PEN. Ele se mostrou satisfeito com o trabalho que conseguiu realizar e deixa a sigla com muitos amigos ainda nela. “Gostaria de agradecer imensamente a todos os companheiros que confiaram no nosso projeto e nos acompanharam”, concluiu.

 

Definições

Robson Viana ainda não definiu qual o seu destino político. Ele confirmou que recebeu convites de diversas siglas da base aliada, mas disse que durante o fim de semana deverá se reunir como governador Jackson Barreto, aprofundar as conversas sobre política e definir o melhor caminho.

 

Ele também informou que algumas lideranças deverão deixar o PEN e acompanhar o seu projeto político. Outras, principalmente as que estão exercendo mandatos eletivos, deverão permanecer na sigla, mas continuam integrando a sua base.

 

 

Da Assessoria de Imprensa

 

Outras Categorias:
Veja Mais
Comentarios